Afinal, como fazer adubo orgânico? Qual a sua experiência? Que tal a ideia de usá-lo em sua horta? Ou mesmo de ganhar dinheiro se especializando?

Você se preocupa com a saúde e deseja aprender como preparar um excelente adubo orgânico para a sua horta ou plantação?

Se você tem uma horta ou propriedade rural e gostaria de saber como cultivar seus próprios alimentos utilizando adubos orgânicos, fique atento.

“Você é o resultado do que come todos os dias”

Você já deve ter ouvido essa frase, não é mesmo? Pois ela também reflete diretamente sobre a fertilidade da planta e do solo.

Em se tratando de adubo orgânico, o que você sabe sobre macro e micro nutrientes e o que isso pode impactar na fertilidade do solo e plantas?

Saiba que muitas pessoas não têm resultado utilizando adubo orgânico, pois não possuem o conhecimento correto para a utilização dessa técnica.

Como Fazer Adubo Caseiro
Clique e Aprenda A Fazer Adubo Caseiro (Até Mesmo Leigos) com Essa Técnica Infalível!

Contudo as pessoas até tentem preparar adubo orgânico mas este é um processo que precisa ser feito utilizando com algumas técnicas simples.

Mas, se for feito em grandes propriedades, necessita de mais cuidados, para evitar contaminação ou até mesmo a “queima” do solo e da lavoura.

Além disso, o tempo de decomposição do adubo para liberar os nutrientes pode ser mais alto do que a utilização de adubo inorgânico.

Você aprenderá como, por que, e quando usar o adubo orgânico (e quando não usar). Se utilizar o adubo caseiro na sua horta, terá resultados incríveis!

Como Fazer Uma Horta com Adubo Orgânico
Aperte na Imagem e Aprenda a Montar uma Horta com Adubo Orgânico
Mesmo Morando em Apartamento

Mas afinal, qual a necessidade do uso de adubo orgânico?

A falta de três elementos principais no solo: Nitrogênio, Fósforo e Potássio (NPK), justifica a necessidade do uso de adubo orgânico.

Entretanto, para utilizar o adubo correto, é indicado que o produtor analise o solo e busque as deficiências. Essa regra vale para grandes plantações.

Em seguida, deve-se procurar o adubo orgânico que satisfaça as necessidades daquele solo e com isso, corrigi-lo.

Talvez sua experiência com a correção de um solo através de adubo orgânico não tenha sido das melhores, mas ISSO PODE MUDAR HOJE!

Você sabia que existe uma técnica já testada e comprovada que elimina a possibilidade de erros quando se fala em todos os tipos de adubo?

Para o produtor rural, técnico agrícola ou engenheiro, aconselho fortemente que vá para o artigo completo sobre adubação:

ACESSAR AQUI –> : Interpretação de análise de solo, recomendação de adubação, calagem e gessagem.

No entanto, caso queira aprender sobre adubo orgânico, e como obter os resultados que sempre sonhou, siga a leitura e veja todas essas dicas abaixo.

Adubo Caseiro Com Lixo Orgânico

Como Fazer Adubo Caseiro
Aperte na Foto e Aprenda Como Preparar Aquele Adubo Orgânico para a Sua Horta

Adubos caseiros vêm sendo uma ótima opção para aproveitar os restos de lixo orgânico, ou seja, os restos de comida que sobram e vão para o lixo.

Utilizar o lixo orgânico é sustentável e suas plantas agradecem!

Vou te ensinar a usar o lixo orgânico como cascas de banana e ovo, e os segredos para deixar sua horta ou plantas muito mais bonitas!

Então, animado para conhecer as dicas de adubo caseiro utilizando lixo orgânico?

Dica 1: adubo caseiro com Lixo Orgânico da casca de banana

Para quem não sabe, a banana é uma ótima fonte de potássio. Utilize a casca e polpa trituradas e enterre-as ao redor das plantas.

Dica 2: adubo caseiro com casca de ovo

Triture no liquidificador ou pilão e quando a mesma estiver bem fininha, espalhe no vaso. O cálcio da casca será absorvido conforme as regagens.

Dica 3: adubo caseiro com com Lixo Orgânico da borra de café

Misture 3 colheres de sopa de borra com 100 ml de água e deixe descansando por 7 dias. Após isso pulverize-o na planta.

Obs.: Se utilizar um regador, a mistura poderá ser utilizada como repelente, mas atenção: NUNCA COLOQUE A BORRA DIRETAMENTE NO SOLO.

Dica 4: adubo caseiro com Lixo Orgânico da casca de vegetais

Utilize as cascas de abóbora, batata e cenoura para um crescimento saudável das plantas, pois as cascas são ricas em vitamina E,

Dica 5: adubo caseiro com o uso de leite

Pode ser usado como fungicida e fertilizante, pois possui vários sais e aminoácidos. Dilua 1 litro de leite em 100 ml de água. Use imediatamente.

Dica 6: adubo caseiro com o uso de canela

Além de acelerar o enraizamento, o pó de canela puro, evita o surgimento de fungos. Aplique diretamente na planta ou no substrato.

Gostou das dicas sobre adubo orgânico caseiro? Aprenda mais!

Então aprenda como ter a horta dos seus sonhos, possuindo pouco espaço e mesmo assim produzindo seus próprios alimentos saudáveis!

Adubo Orgânico: Afinal, como utilizar na sua horta?

Como Fazer Adubo Caseiro Para Horta
Aperte no Vídeo e Aprenda Mais Dicas Sobre Adubo Caseiro e Como Utilizar em Sua Horta

Se você deseja eliminar os produtos sintéticos de suas plantações, saiba que o adubo orgânico é uma opção viável para cumprir com esse objetivo.

Os adubos orgânicos são resultado da decomposição da matéria de origem animal ou vegetal e com isso gerando macro e micronutrientes naturais.

Eles suprem os nutrientes essenciais para o bom crescimento das plantas e têm a vantagem de ser uma prática simples e econômica para a sua horta.

Você sabia que boa parte dos hortelãos plantam seus próprios vegetais, pois tem como objetivo escapar dos fertilizantes inorgânicos? Veja como aqui.

Mas como aplicar uma adubação efetiva, sem o uso de algum fertilizante e mesmo assim ter uma horta ou plantação produtiva?

Além de todas as dicas de adubo feito com lixo orgânico já comentadas neste artigo, seguem aqui mais algumas práticas usadas pelos hortelãos:

Aprenda essas dicas e inicie a sua horta ainda hoje:

1) Monte um minhocário

Minhocas têm sido definitivamente uma forma muito utilizada para levar fertilidade e nutrição ao solo.

2) Urtigas

Colha algumas folhas de urtiga e deixe de molho em um balde por cerca de 7 dias. Espirre 1x por semana o líquido em um borrifador.

3) Lixo orgânico de resto de Crustáceos

Pegue restos de camarão e/ou caranguejo e enterre cerca de 40 cm. A cada mês retire-os e troque de lugar repetindo o processo.

4) Lixo orgânico de resto de peixes

Utilizar as mesma regra dos crustáceos. Muito bom para o cultivo de milho e tomate. Rico em nitrogênio.

5) Cinzas de madeira

Ótimo para combater as famosas pragas, pois as cinzas dão resistência as plantas. Borrife 1x no mês a mistura das cinzas com a água.

6) Compostagem

Utilizado na cidade, é a técnica onde mistura-se o lixo orgânico, ou seja, restos de comida à palha, grama e folhas secas antes de plantar uma muda.

7) Esterco animal

Outra técnica bastante difundida na cidade, trata-se de utilizar as fezes de herbívoros como vacas, cavalo e ovelhas.

O líquido servirá para borrifar sobre as plantas e o esterco curtido para adubar o solo.

Mas lembre-se: é necessário deixar 2 semanas na água e quase sempre exposto ao sol.

Se utilizar diretamente, os dejetos poderão quebrar e queimar as raízes da planta.

Como Fazer um Minhocário
Aprenda a Construir o Seu Minhocário Passo a Passo e Deixar o Solo Ideal Para a sua Horta

Você deve ter percebido que preparar o seu próprio adubo orgânico para usar na horta ou plantação é algo muito possível e saudável. Sua saúde e das pessoas que se beneficiam desse alimento agradecem!

Então, preste bastante atenção agora

Se você deseja entender tudo sobre adubo orgânico para usar na sua horta e ter verduras, legumes e frutas frescas quase todos os dias, decida AGORA:

A primeira decisão, é continuar tentando fazer adubo caseiro de qualquer jeito, mas você já percebeu que pode não dar muito certo, não é mesmo?

A segunda, é aprender um método garantido e passo a passo que vai ajudar você a preparar sua horta a produzir somente comida saudável para você.

SIM, eu quero comer bem e saudável e com isso, proporcionar satisfação aos meus clientes e amigos.

Não, eu já sei tudo sobre isso e não necessito de mais informações.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!